CONHEÇA A REGIÃO DO VALE DO CÔA, BEIRA INTERIOR, BEIRA BAIXA E ALDEIAS DO XISTO!

vale do cõa

UMA VEZ QUE A ROTA DO TURISMO RURAL SE ESTÁ A REVELAR UM GRANDE SUCESSO, E PARA NÃO SE TORNAR DEMASIADO EXTENSA E PESADA PARA OS NOSSOS LEITORES «MAIS APRESSADOS», SUBDIVIDIMOS A ROTA POR REGIÕES. TAL COMO FIZEMOS COM A ROTA DE TRÁS OS MONTES E ALTO DOURO E COM A REGIÃO DO DÃO LAFÕES,

EIS A ROTA DO VALE DO CÔA,  BEIRAS INTERIOR E BAIXA, INCLUINDO A REGIÃO DAS ALDEIAS DO XISTO…. VENHA DÁI CONNSOCO CONHECER PAISAGENS E TERRAS MARAVILHOSAS E LOCAIS ONDE O SONO SE TRANSFORMA EM SONHO

xisto

O Turismo no Espaço Rural apresenta características próprias, pouco tendo em comum com as modalidades convencionais de turismo. Com efeito, esta actividade tem como objectivo essencial, oferecer aos utentes a oportunidade de reviver as práticas, os valores e as tradições culturais e gastronómicas das sociedades rurais, beneficiando da sua hospedagem e de um acolhimento personalizado.PRODUTOALMEIDA_264_AV
Visto pela perspectiva do desenvolvimento rural, o turismo no espaço rural é uma das actividades mais bem colocadas para assegurar a revitalização do tecido económico rural, sendo tanto mais forte, quanto conseguir endogeneizar os recursos, a história, as tradições e a cultura de cada região.
Ele é não só um factor de diversificação das actividades agrícolas, como um factor de pluriactividade, através da dinamização de um conjunto de outras actividades económicas que dele são tributárias e que com ele interagem. É o caso do artesanato, da produção e venda na exploração de produtos tradicionais, dos quais se destacam os produtos agrícolas e géneros alimentícios certificados, dos serviços de transporte, de animação, de guias etc, etc.

agricultura_1
Importa, pois, promovê-lo de forma harmoniosa e sustentada, no respeito pelas diferenças que caracterizam cada região e pelos requisitos de qualidade e de comodidade exigidos pela clientela que o procura.
Foi com base nestes pressupostos que o Governo adoptou um conceito de turismo no espaço rural, entendido como um produto completo e diversificado que integra as componentes de alojamento, restauração, animação e lazer, baseado no acolhimento hospitaleiro e personalizado e nas tradições mais genuínas da gastronomia, do artesanato, da cultura popular, da arquitectura, do folclore, e da história.

Reportagem no Fundão
Fundão, 22/05/2015 – Reportagem no Fundão. Natura Glamping (Diana Quintela / Global Imagens)

 

Face a um crescimento de apostas em turismo rural a nível nacional, já há muito se reclama a sua respectiva Rota.

Assim, o Roteiroseventos pretende com esta Rota, explorar cada cantinho de Portugal, abordando nesses mesmos locais, os ponto de interesse para visita (o que visitar), algumas sugestões para aproveitar a estadia (o que fazer),bem como indicará um local para repasto (onde comer) e o respectivo turismo rural para a respectiva pernoita.

Daremos aos nossos leitores algumas centenas de locais e ideias para uma viagem ao mundo rural e ao seio da natureza.

Sra._da_Piedade_vista_do_castelo_da_Lousã

 

 

Venha daí viajar connosco!

 

VENHA CONHECER UMA DAS REGIÕES MAIS RICAS HISTORICAMENTE DE PORTUGAL… VISITE  FIGUEIRA CASTELO RODRIGO, A MAROFA, OS ENCANTOS DE ALMEIDA E DESCANSE NUM CONVENTO QUE O ACOLHE E O FAZ REVIVER A HISTÓRIA

0002

 

CONHEÇA A TORRE DAS ÁGUIAS, A BARRAGEM DE SANTA MARIA DE AGUIAR, A MATA  DOS LOBOS E OUTROS LOCAIS DE ENCANTO. ENCONTRE NA  HOSPEDARIA DO CONVENTO

logo-hospedaria-do-convento-20129
Contactos Convento de Santa Maria de Aguiar 6440-032 Figueira Castelo Rodrigo Portugal Tel.: +351 271 311 819/20 (reservas) Telm.: +351 91 24 11 061 (administração) Fax: +351 271 311 821 geral@hospedariadoconvento.pt Coordenadas GPS Lat: N 40º 52′ 37” Long: W 06º 56′ 31”

Alguns metros antes de chegarmos ao Convento de Santa Maria de Aguiar encontra-se o edifício que outrora serviu de Hospedaria, sendo destinado aos visitantes eclesiásticos e aos leigos de alta categoria social. A Hospedaria do Convento encontra-se integrada no complexo histórico de Sta Maria de Aguiar.general-picture

A Hospedaria foi objecto de uma carinhosa reconstrução terminada em 1997 e foi convertida numa confortável unidade de Turismo de Habitação, rodeada de prados e de uma multicentenária mata de carvalhos. Aberta agora aos visitantes que procuram a região de Riba-Côa, continua a tradição iniciada no séc. XII com o acolhimento dos peregrinos que se deslocavam na rota de Santiago de Compostela.

Esta unidade de Turismo de Habitação é o refúgio ideal para fins de semana e férias em profundo contacto com o campo. Está longe de todos os incómodos e desgastes inerentes aos grandes centros urbanos e, como tal, é um lugar sem tempo nem limites, onde o stress ainda não chegou.

Nuno Requixa fala-nos um pouco da Hospedaria e das actividades que por ali se podem encontrar para desfrutar de umas jornadas de descanso:

dscn4071

ROTEIROSEVENTOS (R.E.) –  Qual a capacidade da casa e qual o preço médio por quarto?

NUNO REQUIXA (N.R.) –  Temos 7 quartos no edifício principal a 80 euros/noite, 3 quartos em frente ao jardim/piscina por 60 euros/noite e um apartamento com dois quartos ( um com cama casal e uma cama solteiro) por 125 euros/noite

 dscn3225
R.E. –  Nota um aumento da procura aquando dos vários eventos promovidos na região de Riba Côa, nomeadamente o Festival das amendoeiras em flor, a Semana Gastronómica do borrego da Marofa etc?

N.R.  – Não….

dscn3239
R.E. –  Quais as actividades que os hóspedes podem desfrutar na região?

N.R. –  Passeios pedestres, visita ao convento Santa Maria de Aguiar, Castelo Rodrigo, Serra da Marofa, Barragem de Almofada, cidade de Almeida

R.E. –  Na vossa opinião, o que poderia contribuir para uma maior procura deste sector de alojamento?

N.R. – Divulgação da região…julgo que passa essencialmente por este aspecto

 

 

 

VISITE PINHEL E CONHEÇA A REGIÃO DO VALE DO CÔA E FIQUE UNS DIAS A USUFRUIR DO SILÊNCIO, DA TRANQUILIDADE E DOS MIMINHOS QUE AS CASAS DO JUÍZO TÊM PARA LHE OFERECER

logotipo-casasdojuizo
MORADA: RUA DE SÃO LOURENÇO, 6400-145 JUÍZO – GUARDA CONTACTOS: 927585758 /927585602 EMAIL: reservas@casasdojuizo.com

PINHEL, A CIDADE FALCÃO, O ESPELHO DE UMA REGIÃO COM HISTÓRIA, ONDE A NATUREZA E A HISTÓRIA SE JUNTAM

pinhel
Pinhel ao amanhecer

PINHEL FICA INSERIDA NA REGIÃO DO VALE DO CÕA, TODA ELA CHEIA DE INGREDIENTES PARA LHE PROPORCIONAR UMA TEMPORADA DE AVENTURAS E DE PASSEIOS INESQUECÍVEIS.

pinhel 1

O VALE DO CÔA, BEM CÉLEBRE PELAS SUAS GRAVURAS E PELAS PAISAGENS QUE OFERECE, CONSTITUI UM VERDADEIRO DESTINO CAPAZ DE AGRADAR A QUALQUER VISITANTE. ALÉM DOS MONUMENTOS PINHEL, PELA SUA LOCALIZAÇÃO TORNA-SE O LOCAL INDICADO PARA FICAR HOSPEDADO, POIS TEM MESMO AO LADO A CIDADE DE BANDARRA (TRANCOSO), FIGUEIRA CASTELO RODRIGO E VILA NOVA DE FOZ CÔA. CADA UMA DESTA REGIÃO TEM OS SEUS ENCANTOS, QUE VÃO DESDE OS MONUMENTOS, ÁS FAMOSAS PAISAGENS DO CÔA. ALÉM DE TUDO ISTO, NÃO ESQUECEMOS OS VÁRIOS EVENTOS E GASTRONOMIA DA REGIÃO.pinhel3

PINHEL E TRANCOSO, FAMOSOS PELOS SEUS ENCHIDOS, AZEITES, VINHOS E AS FAMOSAS CAVACAS, ORGANIZAM TODOS OS ANOS A FEIRA DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS E A FEIRA DO FUMEIRO, RESPECTIVAMENTE. MAIS TARDE, NA ÉPOCA DAS CASTANHAS, TRANCOSO ORGANIZA AINDA A FEIRA DA CASTANHA E DOS PRODUTOS REGIONAIS.

VILA NOVA DE FOZ CÔA, FIGUEIRA CASTELO DE RODRIGO  TORNAM-SE A CAPITAL DAS AMENDOEIRAS EM FLOR, EM MEADOS DE FEVEREIRO, LEVANDO AUTÊNTICAS ROMARIAS A ESTES LOCAIS PARA APRECIAR O MANTO BRANCO E COR-DE -ROSA DE QUE A PAISAGEM SE VESTE. VILA NOVA DE FOZ CÔA PROMOVE AINDA TODOS OS ANOS O CONCURSO DOS VINHOS DO DOURO SUPERIOR, ONDE PODERÁ PROVAR ALGUNS DOS MELHORES VINHOS DO MUNDO.

vale do coa

NÃO PODERÁ DEIXAR DE PROVAR AS FAMOSAS CAVACAS DE PINHEL, BEM COMO O BORREGO DA MAROFA BEM REGADO COM OS VINHOS DA BEIRA INTERIOR OU DO DOURO, MESMO ALI AO LADO.

cavacas
AS CAVACAS DE PINHEL

AS CASAS DO JUÍZO, COM UMA TOTALIDADE DE 8 CAMAS DISTRIBUÍDAS POR VÁRIAS CASAS, OFERECEM-LHE MOMENTOS DE AUTÊNTICO PRAZER

090_Fotor

Gosta do silêncio, de correr como se não houvesse amanhã, da harmonia natural, de estar em contacto com os animais, de história, de conhecer sítios únicos? Gosta de estar agasalhado e aconchegado, quando faz frio lá fora!? Pois é, então as Casas do Juízo, são o sítio perfeito para si! Venha desfrutar e tranquilizar-se nas nossas casas, onde o silêncio é Rei. As Casas do Juízo oferecem-lhe uma estadia genuína, e em boa companhia. Desde que chega às nossas casas até que se vai embora, vai sentir-se reconfortante e com vontade de voltar. Aqui a hospitalidade e simpatia, “jogam” a nosso favor! Venha e aproveite, os bons momentos, sempre com “Juízo”!

DSC02572_Fotor

«Há muito trabalho pela frente para melhorar o sector do Turismo em Espaço Rural»,  conta-nos José guerra, proprietário das CASAS do JUÍZO, que nos descreve um pouco mais deste empreendimento ao seu dispôr:

ROTEIROSEVENTOS R.E. –  Há quanto tempo existem AS Casas de Juízo enquanto casa de turismo rural e como surgiu a ideia de apostar no turismo rural?

DSC02686_Fotor

JOSÉ GUERRA J.G. – As Casas do Juízo – Turismo de Aldeia iniciaram a actividade no início de 2014. O objetivo inicial era a recuperação de casas antigas, da família, que estavam em ruínas. A ideia de “apostar” no Turismo apareceu naturalmente. A aldeia do Juízo, inserida no Vale do Côa, tem um grande potencial turístico. Também é aliciante ajudar a inverter a situação de decadência a que estava votada a aldeia. Respeitando a traça original dos edifícios apostou-se num alojamento diferenciador que criasse mais oportunidades de emprego numa região muito carenciada.DSC02807_Fotor

R.E. – : Qual a capacidade de alojamento, serviços e actividades de que dispõem nos vossos turismos rurais?

J.G. – As Casas do Juízo, neste momento, são compostas por 5 casas: Casa Museu (T0); Casa das Talhas (T1); Casa do Palheiro (T1); Casas do Telheiro (T2); Casa da Roseira (T3) Totalizam 8 camas de casal. Estão em fase de projeto mais 3 Casas e uma Taberna. As Casas do Juízo apresentam uma panóplia de serviços e atividades originais e diversificadas. Prestamos um serviço de qualidade e excelência para que os nossos clientes se sintam em casa. Desde lareira acesa no Inverno, pequeno-almoço de qualidade com produtos da região, “miminhos” na casa à chegada dos clientes, boas vindas no ato do check in com “Pinga do Juízo” e “Ajuízados”. Uma piscina exterior coberta ajuda a complementar os nossos serviços. Nas atividades destacamos: percursos pedestres (Grandes Rotas das Aldeias Históricas e Vale do Côa), participação em atividades agropecuárias, visita guiada à aldeia (antiga Villa Romana). Ficamos localizados entre a Serra da Estrela e a Região demarcada do Vinho do Porto, no centro de algumas Aldeias Históricas e a pouca distância das Gravuras Rupestres. Essencialmente o nosso lema é “vender” o silêncio e propiciar um ambiente em que os Clientes, mesmo antes de partir, já têm saudades das Casas do Juízo.

DSC03067_Fotor

R.E. –  Como está o sector, e o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse mais como uma alternativa às ofertas de turismo?DSC03111_Fotor

J.G. – As Casas do Juízo, dada a sua “juventude” ainda não têm dados suficientes para se pronunciarem, com alguma precisão, sobre o Turismo em Espaço Rural (TER). No que nos diz respeito é com agrado que constatamos que a nossa taxa de ocupação tem aumentado acima das expectativas. E pensamos que, quando estiverem concluídos os projetos em curso, os Clientes, mesmo os mais exigentes, vão ter condições para usufruírem duma estadia única. O TER tem as suas características próprias que têm de ser divulgadas o que leva o seu tempo. O nosso principal trabalho é trazer os Clientes a primeira vez. Ainda há pessoas que têm preconceitos em passar férias numa aldeia porque nunca experimentaram. Temos vários exemplos de Clientes que, antes de reservarem, fizeram perguntas a denotar um completo desconhecimento da realidade TER. Há muito trabalho pela frente para melhorar o sector do Turismo em Espaço Rural. Temos de começar por estabelecer mais parecerias com escolas para podermos mostrar, de uma forma didáticas, aos alunos como é bom vir passar férias para o campo. Nota-se cada vez mais a falta de conhecimentos relativamente à produção dos produtos agrícolas.

DSC03310_Fotor

R.E. –  A Câmara e o turismo de Pinhel e Municípios vizinhos têm contribuído para trazer o turismo à região?

DSC02651_Fotor

J.G. – Não podemos esperar que os municípios façam todo o trabalho para o desenvolvimento turístico. A iniciativa privada tem de desempenhar um papel essencial . Constatamos que os municípios , apesar das suas limitações , têm consciência do interesse do TER. Aliás nalguns municípios este tipo de alojamento é o que possui mais qualidade. Diversos eventos realizados pelos municípios têm potenciado o turismo. Temos como exemplos a Feira das Tradições em Pinhel a realizar no fim de semana antes do Carnaval e a parceria entre o Município de Pinhel e dois municípios vizinhos para a realização de eventos desportivos internacionais.

 

 

CASA ABRIGO DA SERRANA,EM ERVEDAL DA BEIRA, INTEGRA UMA ZONA DE CAÇA ASSOCIATIVA E TEM CAPACIDADE PARA ALOJAR 16 PESSOAS QUE GOSTEM DE SENTIR A NATUREZA E AS SUAS MARAVILHAS NUMA DAS REGIÕES MAIS ATRAENTES PARA O SEU REPOUSO E REFÚGIO

simbolo ccpoh
Marcações para: CAFÉ BAMBU Avenida Nova 3405 Ervedal da Beira Telefone: 238 644 305 (sr. Renato) CLUBE DE CAÇA E PESCA DE OLIVEIRA DO HOSPITAL Rua Dr. César de Oliveira, N.º3 – Apartado 89 3404-909 Oliveira do Hospital Telef./Fax: 238 084 977

 

 PASSE UNS DIAS NA SERRA DA ESTRELA, CONHEÇA AS MARAVILHOSAS PAISAGENS QUE O PONTO MAIS ALTO DE PORTUGAL CONTINENTAL LHE OFERECE. CONHEÇA A REGIÃO ONDE O MONDEGO NASCE, VISITE SEIA. FORNOS DE ALGODRES E TODA UMA REGIÃO SERRANA COM UMA VASTA GASTRONOMIA E HISTÓRIA PARA LHE OFERECER…

 

SerraEstrela

EIS O MUNDO RURAL POR EXCELÊNCIA… A CASA ABRIGO DA SERRANA  TEM O SEU ABRIGO IDEAL NO MEIO DA NATUREZA!

Desfrute da melhor vista para a Serra da Estrela e Monte do Colcurinho (NªSª das Necessidades), a partir de € 10 por noite.

Captura-de-ecrã-2014-03-28-às-14.51.07.png

 

É na encosta da Serra da Estrela, abrigada entre rios e pinhais, que nos espera tranquila a Casa-Abrigo da Serrana. Em plena zona da Cordinha, na vila de Ervedal da Beira, está feita para quem visita a região em busca do convívio com amigos na pacatez do campo.

ERVEDAL

No coração da Beira Serra, a Casa-Abrigo da Serrana situa-se em plena zona da Cordinha, a cerca de 15 quilómetros do centro de Oliveira do Hospital e pisca o olho a todos aqueles que de longe vêm conhecer a região. Rodeia-se de espaço verde, ar puro e noites estreladas e convida os mais ousados a aventurarem-se por entre os trilhos e a descobrirem a maravilhosa paisagem da Serra da Estrela.

Chegar à Quinta da Serrana pela primeira vez é subir o caminho que vai dar à capela por engano, apercebendo-nos que não vai ser assim tão simples descobrir a moradia escondida por entre as árvores e a escuridão. Mas quando a encontramos, isolada do mundo, com um espaço para piqueniques nas traseiras e um enorme campo verde à volta, sabemos que o difícil vai ser abandoná-la.

IMG_0801a-1024x768

José Matias, presidente da Direcção do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital, fala-nos um pouco da CASA – ABRIGO DA SERRANA bem como do turismo na região:

 

ROTEIROSEVENTOS (R.E.) –  Há quanto tempo surgiu a aposta neste tipo de turismo e como surgiu a ideia?

IMG_0793a-300x225

JOSÉ MATIAS (J.M.) –  A “casa-abrigo da serrana” funciona desde o fim dos anos oitenta, após adaptação de uma casa rural.
    Surgiu com a necessidade, à época, de alojar caçadores e pescadores, essencialmente.
    O alojamento integra uma Zona de Caça Associativa,( gerida pelo clube)e situa-se entre os rios Mondego a
    norte e Seia a sul.

 

R.E. – Qual a vossa capacidade de alojamento e que serviços dispõem para os hóspedes?

J.M. –  A capacidade é de 16 pessoas, distribuídas por 2 quartos com 2 camas cada e um salão com beliches para 12 pessoas no piso superior. Dispõe ainda no mesmo piso de uma casa de banho e um WC.No piso térreo oferece uma cozinha equipada, sala de jantar e de estar comuns com lareira e TV, além de  um WC.

casaabrigo004

R.E. – Como está o sector, a vosso ver, e o que poderia ser feito para uma maior capacidade em atrair a procura?

J.M –  Julgo que uma maior e melhor divulgação do espaço em si, assim como toda a região envolvente em termos patrimoniais e paisagisticos, poderiam ser passos importantes.

ERVEDAL.jpg

R.E. – A Serra das Estrela e a região são uma mais valia para trazer turismo à região? nos meses de época baixa, o que poderia compensar a diferença de procura?

J.M. –  Associar os vários eventos já existentes ao respectivo conjunto de alojamentos da região, seria, na minha opinião, muito interessante.
Além disso, divulgar os percursos pedestres e implementar outros existentes, contribuiriam, certamente para a promoção da região e do negócio local, quer turismo, quer outros sectores

 

 

 

 

VISITE A COVA DA BEIRA, CONHEÇA A CAPITAL DA CEREJA, VISITE A SERRA DA ESTRELA E CONHEÇA BELMONTE, UMA DAS VILAS COM MAIORES TRADIÇÕES DE ÉPOCA MEDIEVAL, ONDE A GASTRONOMIA, A CULTURA E A NATUREZA SE CONJUGAM PARA LHE OFERECER MOMENTOS ÚNICOS.

CONHEÇA A REGIÃO E FIQUE UNS DIAS NAS CAZAS DO SERADO

b_castelow

Terra de Pedro Álvares Cabral, situada em plena Cova da Beira e com ampla vista sobre a encosta oriental da Serra da Estrela, a vila de Belmonte justifica plenamente as características que lhe terão dado o nome. Diz a tradição que o nome Belmonte provém do lugar onde a Vila se ergue (monte belo ou belo monte). Porém, há quem lhe atribua a origem de “belli monte” – monte de guerra. Terra solarenga, de boas gentes, paisagens sem fim e uma história de séculos.

1

CONHEÇA A REGIÃO E FIQUE UNS DIAS NAS KAZAS DO SERADO, ONDE DIAS INESQUECÍVEIS ESPERAM POR SI!

logo-site-topo
Kazas do SeRado – Turismo Rural Sítio do Serrado 6250-111 Caria T:+351 275471329 TM:+351 912709457 e-mail: info@kazasdoserado.com http://www.kazasdoserado.com https://www.facebook.com/KazasdoSeRado GPS: 40°17’30.1″N 7°22’09.3″W

«As Kazas do SeRado, é um elegante Turismo Rural, B&B (Bed & Breakfast), situada na Vila de Caria, a cerca de 7,6 km da histórica Vila de Belmonte, Vila tão antiga como Portugal, berço de Pedro Álvares Cabral, Descobridor do Brasil e onde reside a única comunidade peninsular herdeira legítima da antiga presença histórica dos judeus sefarditas.

Reunindo história, tradição e serviço personalizado, criamos um espaço para desfrutar de uma estadia inesquecível, venham conhecer um território rico em natureza, gastronomia, cultura e história de Portugal, a nossa Beira Portuguesa.»

espaco-exterior

ROTEIROSEVENTOS R.E. – Há quanto tempo existe o empreendimento “Kazas do SeRado” como turismo rural e como surgiu a ideia de apostar no turismo rural?

PAULA PROENÇA (P.P.) – As “Kazas do SeRado” existem desde dia 08 de março de 2015.

QURTO TERRA

R.E. – Qual a capacidade de alojamento, serviços e actividades de que dispõe a quinta?

P.P.- A “Kazas do SeRado – Turismo Rural” é caracterizada por 3 unidades de alojamento com decoração de qualidade.

kazas-do-serado-exterior (1)

Dispômos de dois quartos Twin e um quarto duplo (adaptado a pessoas com mobilidade reduzida) e são equipados com roupeiro, TV LCD 32”, canais internacionais, acesso gratuito à Internet Wi-Fi, espelho, mini-bar com bebidas (água, sumo e cerveja), ar condicionado, aquecimento central. O quarto de banho está em área separada com 1 lavatório, 1 espelho, aquecedor de toalhas, cabine de duche e WC, roupões e toalhas 100% algodão, chinelos, secador de cabelo e produtos de higiene.

As actividades que sugerimos aos nossos hóspedes é de visitar o património das Aldeias Históricas, os Museus da região,a Serra da Estrela, programas já preparados para praticar trekking e caminhadas, com guia profissional, valores a serem pagos pelo cliente directamente.

aldeia

R.E. – Como está o sector, e o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse mais como uma alternativa às ofertas de turismo?

P.P. – O Turismo em geral tem crescido em Portugal como sabemos, o Turismo Rural não de forma tão acentuada, mas já não existe preconceitos dos clientes em procurarem unidades como a nossa para passar uns dias, pois esperam um serviço de qualidade.

SERRADO

R.E. – A Câmara e o turismo da região têm contribuído para trazer o turismo à região?

P.P. – O Município de Belmonte tem contribuído para trazer turismo à região e este ano prevê mais eventos de qualidade, para atrair ainda mais turistas.

SERRADO

BELMONTE  E A REGIÃO DA COVA DA BEIRA:

cerejeirasemflor
As cerejeiras em flor na Cova da Beira

Enquadrada no programa das Aldeias Históricas, Belmonte oferece um inegável interesse turístico, não só graças à sua localização privilegiada, de fácil acessibilidade à Serra da Estrela, mas também pela história e monumentalidade, sendo de referir a Igreja de Santiago e o Panteão dos Cabrais e a Torre de Centum Celas. O artesanato, as feiras, as bonitas paisagens e uma mesa farta são outras atracções desta terra.

CENTUM CELLAS

NA GASTRONOMIA, DESTACAM-SE O Cabrito assado, o ensopado de cabrito, o  bolo de canela, filhoses e biscoitos. Arroz doce, pudim de ovos, bolos de boda, queijo de ovelha, regados com os bons vinhos da beira Interior, são os ícones mais tradicionais.

feira-medieval-de-belmonte_7727241

O Festival Gastronómico, o Festival do Caracol de Belmonte, a Feira Tradicional de Enchidos e Sabores, a Feira Medieval do Artesão e  a Feira do Pão, são alguns dos eventos que o Município promove durante o ano e que trazem a Belmonte milhares de pessoas.

festa da cereja

Além de Belmonte, não deixe de conhecer a região da Cova da Beira, de onde se destacam as cerejas e o respectivo Festival da Cereja de Alcongosta. Visite a serra da Estrela e as Aldeias de Xisto.

Precisa de mais razões para visitar Belmonte e  a Região da Cova da Beira?

 

 

 

 

GOSTA DE UNS DIAS DE DESCANSO NO MEIO DA NATUREZA E DO MUNDO AGRÍCOLA?

APRECIA UM PASSEIO DE CAVALO OU PÓNEI NO MEIO DE UMA QUINTA DE  28 HECTARES COM VINHAS E FLORESTAS?

É UM APRECIADOR DA BELEZA RURAL, DE BONS VINHOS E GOSTA DE APRENDER UM POUCO SOBRE A VITIVINICULTURA?

ENTÃO, MAIS DIA MENOS DIA, O ALBERGUE DE BONJARDIM TERÁ QUE FAZER PARTE DOS SEUS PLANOS DE VISITA!

bonjardim
Albergue do Bonjardim 6100-460 Nesperal, Sertã – Portugal N 39° 48′ 47″, W 08° 09′ 46″ Tel.: (+351) 274809647 Tel.: (+31) 0247506332 E-mail: info@bonjardim.nl

O Albergue do Bonjardim está situado na aldeia do Nesperal, que fica no centro geográfico de Portugal, a aproximadamente 180 km de Lisboa e do Porto.

A aldeia, com 300 chaminés, está rodeada por pinheiros, vinhas e montanhas. Na área do Albergue do Bonjardim, que cobre cerca de 28 hectares, poderá passear pelas vinhas e pela floresta.

bonjardim

O Albergue do Bonjardim é um  Hotel  de Charme ou Boutique Hotel aonde a cultura encontra a natureza. As conversas durante o jantar, a comida puro; caminhadas pela natureza intocada, a conversa com a senhora da aldeia quase abandonado; a Pedalar nas margens do rios sinuosos; a visita guidada ou a prova dos vinhos são experiências que os clientes apreciam como excelente.

Quinta-Do-Albergue-Do-Bonjardim-photos-Exterior-Hotel-information

O ALBERGUE DO BONJARDIM possui 7 quartos decorados em estilo Português. Alguns quartos possuem um quarto extra.

Além destes 7 quartos, existe ainda um apartamento com capacidade para oito pessoas.

bonjardim1

A Quinta dispõe de uma sala de conferência, piscina exterior, Sauna e banho turco, bar, biblioteca e um parque de recreio .

Destaque ainda para o novo conceito para os amantes de uma noite «ao luar», pois Hubertus Lenders decidiu criar uma  TENDA SAFARI LUXUOSA:

safaritent

Das inúmeras actividades que dispõe o ALBERGUE DO BONJARDIM, DESTACAMOS:

As Visitas guiadas pelas vinhas e na adega
As Provas de vinhos
Os Cursos de vinho (Sob pedido, minímo 2 pessoas)
Caminhadas/ passeios pelos terreiros
Passeios de cavalo/ passeios de pónei (Sob pedido para pessoas com experiência)
Curso de sobrevivência
Piquenique

ponei

Provas de vinhos:
Para visitantes aos Domingos à tarde e para grupos sob pedido. É possível organizar uma excursão vinícola ou uma prova de vinhos. Para os convidados é oferta..

productalbergue_do_bonjardim1

Sobrevivência:
Os grupos estão autorizados a utilizar o parque de sobrevivência (pelo menos 4 pessoas).

Para as crianças:
Existe um recreio e um mini pónei, o Júlio. A partir dos 10 anos todos estão permitidos a entrar no parque de sobrevivência.

 

 

 

 

INSERIDA NO MEIO DA SERRA DO CARVALHO, A 10 KM DE COIMBRA, A 47 KMS DA PRAIA OCEÂNICA DA FIGUEIRA DA FOZ, A OUTROS TANTOS DA FAMOSA ALDEIA DO PIÓDÃO, AS ALDEIAS DO XISTO, A LOUSà COM AS SUAS PRAIAS FLUVIAIS ALI BEM PERTO A CASA DE SOUTELO REVELA-SE UM LOCAL FANTÁSTICO E INDICADO PARA GOZAR UNS DIAS DE SOSSEGO NO SEIO DA MARAVILHOSA NATUREZA E DA TRANQUILIDADE QUE O INTERIOR LHE OFERECE, TENDO AINDA O MAR ALI TÃO PERTO.

SOUTELO
Casa de Campo de Soutelo +351 968638213 Soutelo s/n, Vila Nova de Poiares Soutelo, Região do Centro, 3350-025, Portugal casa.campo.soutelo@gmail.com

USUFRUA AINDA DA RICA GASTRONOMIA DA REGIÃO, ONDE A CHANFANA, A LAMPREIA, O MEL, OS ENCHIDOS E O QUEIJO NÃO IRÃO FALTAR!

A CASA DE SOUTELO ENCONTRA-SE INSERIDA NUMA PEQUENA ALDEIA DE SOUTELO, EM POIARES, AFASTADA DA ESTRADA PRINCIPAL, EM PLENA ZONA DE CAÇA E COM A PARTICULARIDADE DE NÃO TER SAÍDA, ONDE O TRÁFEGO É DIMINUTO E A TRANQUILIDADE ABSOLUTA

SOUTELO

A CASA DE SOUTELO Contempla um misto de espaço decorado com requinte mas simultaneamente com uma leveza na decoração, o que proporciona um ambiente confortável e acolhedor.

Situada no seio da Serra do Carvalho, em plena natureza, propícia à prática de caminhadas por trilhos já desenhados, ou simplesmente proporcionar a aventura e a descoberta da natureza em redor, a CASA DE SOUTELO oferece um cenário a perder de vista em cerca de 70 km e com acesso a várias praias fluviais nos rios Ceira, Alva e Mondego, assim como a proximidade da barragem da Aguieira,onde se  permitem a prática de desportos náuticos e de canoagem.

SOUTELO
Os pormenores das Aldeias de Xisto, a proximidade da Serra da Estrela, a cidade de Coimbra apenas distante em 10 km, Aveiro e Figueira da Foz a menos de 1 hora de caminho, são propostas de passeios para umas férias tranquilas e diversificadas.

A Casa de Campo dispõe de 5 quartos, 2 salões, piscina exterior com cobertura, jacuzzi e sauna.

Todos os alojamentos estão equipados com televisão de ecrã plano. Nos salões estão disponíveis 84 canais de TV e jogos de tabuleiro. Alguns alojamentos têm terraço e/ou varanda. Todos alojamentos oferecem casa de banho privativa ou partilhada, com robes de banho e produtos de higiene pessoal gratuitos. Possibilidade de cama extra em todos os quartos, gratuita para crianças até aos 12 anos.SOU

Casa de Campo de Soutelo também dispõe de sala de massagem e vários espaços de leitura. Os hóspedes podem desfrutar de refeições por encomenda ou utilizar a cozinha para uso pontual.

Está disponível aluguer de carro e de bicicletas sendo as áreas circundantes muito populares para BTT, pesca e caça, canoagem e caminhada. A praia oceânica da Figueira da Foz está a 47 km de Casa de Campo de Soutelo, a famosa aldeia de Piódão a 42 km do alojamento, a cerca de 60 km a Serra da Estrela e bem mais perto a Serra da Lousã e as Aldeias de Xisto. As Praias fluviais de Vimieiro ou de Palheiros ficama 15 minutos de carro.

SOUTELO

Odete Ferreira, proprietária do empreendimento, fez-nos o favor e «abriu» as portas da CASA de Campo do Soutelo para sabermos um pouco mais deste magnífico espaço.

ROTEIROSEVENTOS R.E. –  Há quanto tempo existe a Casa de Campo de Soutelo como turismo rural e como surgiu a ideia de apostar no turismo rural?

SOUTELO
ODETE FERREIRA (O.F) – A Casa de campo do Soutelo abriu ao público no verão de 2015, concretização de um projecto com um conceito um pouco diferente do tradicional “turismo rural”.

A ideia de reconstruir a ruína em que a Casa assenta, baseou -se na beleza da paisagem que se vislumbra a uma altitude de 300 metros, abrangendo cerca de 300 graus.
Por outro lado verificou-se uma diminuta oferta na região, principalmente com as características anteriormente apontadas, pelo que o sucesso que tem vindo a ocorrer comprova que a ideia de um espaço com o perfil da Casa de Campo de Soutelo tinha toda a razão de existir tal como foi desenhada.

R.E. .  Qual a capacidade de alojamento, serviços e actividades de que dispõe a quinta?
O.F.  –  A Casa de Campo de Soutelo dispõe de 5 quartos, todos com capacidade para cama extra. O pequeno almoço está incluído na diária, assim como todas as comodidades e serviços inerentes a um hotel. Dispõe ainda de cozinha e churrasqueira que poderão ser utilizadas pelos hóspedes.

SOUTELO
Piscina exterior, cadeiras e toalhas e brevemente sauna, jacuzzi e sala de massagens, estão à disposição dos hóspedes. Também se aceitam animais de estimação, mesmo de grande porte pois temos um canil para a sua estadia. A Casa dispõe de bicicletas, capacetes e outro material de protecção para a modalidade.
Também está à disposição sala de reuniões para Encontros Profissionais e Cursos da Área do Comportamento e Liderança. Contudo, o ambiente de tranquilidade e isolamento são propícios especialmente para Cursos de Reiki e Meditação.

SOUTELO
R.E. –  Como está o sector, e o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse mais como uma alternativa às ofertas de turismo?

O.F. – Talvez fosse interessante, caso  as Autoridades Locais divulgassem mais a existência destes espaços. É inacreditável que as estradas Municipais não identifiquem os espaços que tiveram a sua aprovação… eu discordo fortemente com
A identificação de a sinalização TURISMO RURAL apenas, em que não é dito o NOME do espaço em causa… acho que a sinalização deveria ter a indicação do efectivo TURISMO RUAL e indicar o nome da Casa/ Quinta.SOUTELO

R.E. –  A Câmara e o turismo de  V.N. Poiares e Municípios vizinhos têm contribuído para trazer o turismo à região?
O.F. –  Francamente… não sei… reconheço que a Semana da Chanfana e a Feira do Artesanato já existem há uns largos anos…. talvez sejam mais valias, mas sem certezas… A realização de TRAILS, Maratonas, Ralys, Motocross, reuniões de Motards…poderiam ajudar …. o Raly da Serra da Lousã… deixou de ser realizado…

VENHA VISITAR GÓIS DISFRUTE DA NATUREZA E DO SOSSEGO!

GOIS

 GÓIS, O CENTRO DE PORTUGAL PROPORCIONA-LHE UM LOCAL IDEAL PARA RECARREGAR BATERIAS.  VISITE GÓIS, ABSORVA O AR PURO DA MONTANHA, DO RIO, ENFIM DA NATUREZA FIQUE UNS DIAS NO SOTAM COUNTRY HOUSE, UM REFÚGIO ENCANTADOR, PROPORCIONANDO UM AMBIENTE FAMILIAR E ACOLHEDOR, PROPÍCIO A FÉRIAS COM A FAMÍLIA, EM GRUPO, OU SIMPLESMENTE DISFRUTAR DE UM FIM DE SEMANA DIFERENTE, ONDE PODERÁ OPTAR PELA CALMA E SOSSEGO DO CAMPO OU PARTICIPAR NAS MULTIPLAS ACTIVIDADES QUE LHE SÃO OFERECIDAS.

O Concelho de Góis, pela sua natureza rural, tem muito para dar aos visitantes que chegam ao concelho.
O rio, principal elo de ligação de todo o Concelho, dá aos visitantes e veraneantes uma paisagem deslumbrante, desde a terras altas da freguesia do Colmeal até ao Cerro da Candosa (freguesia de Vila Nova do Ceira), local onde se despede do Concelho de Góis para dar entrada no da Lousã.

CEIRA.png
As praias fluviais, servidas pela bela paisagem circundante e pelas límpidas águas do Ceira são frequentadas, na época de Verão, por milhares de turistas e de residentes.
Mas, além do rio, também a montanha está presente, permitindo passeios, tanto de automóvel como a pé, ou mesmo de bicicleta ou moto para os amantes da natureza.

É habitual que ao deslocar-se pelas terras montanhosas do Concelho, tomar contacto com animais selvagens, como o javali e a raposa, além de todo o tipo de aves, próprias desta região. Não deixe de visitar a Pedra Letreira (Cabeçadas – Alvares), a Ponte de Góis, o salão nobre da Câmara Municipal de Góis, a Igreja Matriz do Século XVI, a Fonte do Pombal, a Capela de Nossa Senhora da Candosa (Vila Nova do Ceira), a Praia Fluvial (Colmeal) e a Ponte da Cabreira (Cadafaz).

PEDRA
PEDRA LETREIRA

O Sotam Country House é uma casa de campo que abriu recentemente em Vila Nova do Ceira, a cerca de 5 Km de Góis e 40 Km de Coimbra, no seio da serra da Lousã.

11259431_1620693288216832_9044642565372039858_n

A casa, de pedra rolada da ribeira, apresenta uma arquitetura característica da região beirã, de dois andares,  tendo sido  recentemente restaurada, mas mantendo a traça original e adaptada de forma a obter todas as comodidades e conforto necessários  a uma alojamento inesquecível e único para quem a visita.

11429855_1636554629964031_6722490598763851467_o

Um refúgio encantador, proporcionando um ambiente familiar e acolhedor, propício para fazer férias em família, em grupo, ou simplesmente disfrutar de um fim de semana  diferente, onde o visitante poderá optar pela calma do campo ou antes participar nas múltiplas atividades que lhe são oferecidas.1-¦andar

Com uma ocupação máxima para 16 pessoas, dispõe de três quartos de casal, três quartos de beliches, casas de banho, sala e cozinha comum. No exterior, o pátio com forno a lenha e o relaxante jardim com churrasco constituem uma excelente zona privada de lazer ao ar livre.

O Sotam Country House dispõe ainda de acesso Wi-Fi, ar condicionado nos quartos de casal e lareira na sala comum.

O alojamento inclui serviço de pequeno almoço, onde se destacam a deliciosa pastelaria caseira e os sumos naturais.  Ao jantar ou ao almoço, sob encomenda, o visitante poderá degustar algumas das delícias gastronómicas da região, das quais se destacam o “Bucho” ou a “Chanfana de Cabra”, servidos em bonitas louças Bordalo Pinheiro.

IMG_0161.JPG

Estão ainda disponíveis diversos programas culturais, lúdico-desportivos sobretudo de rio ou serra (canoagem, rapel, BTT, passeios pedestres, de jipe) e visitas guiadas aos locais mais emblemáticos da região (Aldeias de Xisto, Parque Biológico da Serra da Lousã, grutas espeleológicas, praias fluviais, Piodão, Avô, Coja, Coimbra, Conimbriga…).

O cliente apenas tem de escolher entre “pacotes de alojamento/atividade” e o promotor, o jovem João Avelino Matos,  trata de todas as diligências.IMG_0168.JPG

Enfim, diríamos que o Sotam Country House apresenta como característica principal a arte de bem receber…

João Matos, proprietário da Sotam Country House, fala-nos um pouco mais deste empreendimento de sonho, onde um dia todos nós haveremos de visitar…IMG_0171.JPG

ROTEIROSEVENTOS R.E. –  Há quanto tempo existe a Sotam como turismo rural e como surgiu a ideia de apostar no turismo rural?

JOÃO MATOS  J.M. – O Sotam abriu ao publico em Março de 2015.

A ideia surgiu pelo facto de a região onde desenvolve o projecto apresentar fortes potencialidades na área do Turismo Rural / Natureza e de eu dispor de uma casa de família, adaptável a alojamento turístico.

Acresce que tenho formação superior na área da Gestão Hoteleira , o que me permitiu desenvolver um projecto no âmbito do PROGRAMA de EMPREENDEDORISMO  do BANCO  de INOVAÇÃO SOCIAL da Santa casa da Misericórdia de Lisboa o qual foi um dos 20 projectos aprovados num conjunto de 640 candidaturas.

R.E. – Qual a capacidade de alojamento, serviços e actividades de que dispõe a quinta?

J.M. – A capacidade de alojamento é de 16 pessoas, três quartos duplos, dois quartos twin”beliche” e um quarto quadruplo de “beliche” , a que acrescem duas camas extra, e um berço.IMG_0182.JPG

O serviço inclui pequeno almoço, produtos caseiros e preferencialmente da região.

A solicitação do cliente são servidos também almoços / jantares .

Há ainda opção do cliente confeccionar as suas próprias refeições.

O Sotam tem estabelecidas parcerias com empresas da região no desenvolvimento de actividades de rio / serra como sejam canoagem, caminhadas, rappel, actividades agrícolas etc.

Também temos programas próprios que incluem caminhas , visitas aos parque biológico da serra da Lousã etc.

Poderá consultar as nossas actividades / Programas no site: www.sotamcountryhouse.com .

IMG_0191.JPG

R.E. – Como está o sector, e o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse mais como uma alternativa às ofertas de turismo?

J.M. – No caso concreto do concelho de Góis, as acessibilidades e maior visibilidade das suas potencialidades.

R.E. –  A Câmara e o turismo de  Góis e Municípios vizinhos têm contribuído para trazer o turismo à região?IMG_0192.JPG

J.M. – No que se refere ao Sotam a Câmara de Gois tem tido um contributo muito valido nomeadamente ao nível das infra-estruturas de saneamento básico que foram implementadas especificamente para o projecto.

Finalmente, conheça um pouco da gastronomia e festivais de produtos regionais em Góis:

A “Feira da Castanha e do Mel”, realizada a 1 de Novembro, pode ser uma boa data para visitar o concelho de Góis com a variada gama de cores que a chegada do outono aporta às montanhas.

Para começar, um queijo de cabra ou ovelha com a tão apreciada broa de milho barrada com o delicioso mel de urze DOP. Não deixe de saborear a sopa de castanhas, o cabrito assado, a chanfana, o bucho recheado e a tibornada, pratos típicos desta região. Para terminar o delicioso arroz doce.

gis-18-728

Para recordação, poderá levar o bolo doce de Góis ou adquirir amostras do trabalho artesanal das nossas gentes: miniaturas de alfaias agrícolas, casas de xisto ou de cortiços com potinhos de mel no interior. Poderá ainda encontrar trabalhos contemporâneos em lã, bordados e rendas, assim como as belíssimas mantas de retalhos.

Refira-se, por ultimo que Góis é também muito apreciado e concorrido pelos motards, onde todos os anos, em Agosto decorre a Concentração Anual de Motards.

A CASA DOS AVÓS, EM AIGRA VELHA, ENQUADRADA NA PAISAGEM NATURAL, ALIA A TRADIÇÃO E A NATUREZA, PROPORCIONANDO AOS SEUS HÓSPEDES UM SERVIÇO ATENCIOSO E CUIDADO, ONDE O AR PURO E A TRANQUILIDADE LHE FARÃO MOMENTOS DE PRAZER ÚNICOS

AVÓS
CASA DOS AVÓS Aldeia do Xisto da Aigra Nova | 3330-222 Góis Tlm: 963074912 josenunesluis@hotmail.com

SITUADA EM PLENA ZONA DE GÓIS, A 20 KMS DE COIMBRA  E A 30 DE PIÓDÃO, A CASA DOS  AVÓS, PELA SUA CENTRALIZAÇÃO PERMITE-LHE UM ESTADIA ONDE TODOS OS DIAS PODERÁ ENCONTRAR UM LOCAL PLENO DE HISTÓRIAS PARA VISITAR, CONHEÇA AS BELEZAS E GÓIS, A SERRA DA LOUSÃ, AS ALDEIAS DO XISTO, PIÓDÃO E DESFRUTE DE MOMENTOS INESQUECÍVEIS NA CASA DOS AVÓS

GÓIS

 A Aigra Nova é um paraíso de montanhas e xisto. A natureza e as tradições juntam-se numa pequena aldeia onde vivem apenas cerca de oito pessoas mas onde habitam muitas memórias e histórias.
Aqui pode fazer caminhadas pela serra, visitar o museu e a maternidade de árvores que estão a cargo da Lusitânea, lanchar uma fatia de pão caseiro feito no local forno a lenha, conhecer aldeias e localidades próximas como a Aigra Velha, a Ponte do Sótão, o Piodão, Góis, a Lousã, entre muitos outros.
VISTACASAAVÓS
A PAISAGEM EM REDOR DA CASA DOS AVÓS

A Casa dos Avós é uma óptima solução para uma estadia na Aigra Nova. Uma casa rústica e enquadrada na paisagem local, com vista para a serra, onde pode absorver o ar puro e a tranquilidade que se sentem na Aigra Nova. Conte connosco para lhe prestar um serviço atencioso e cuidado de modo a que tire o máximo proveito do tempo que aqui passar.

AIGRANOVA
VISTA DE AIGRA NOVA
Não deixe de aproveitar umas férias nas Aldeias de Xisto e experimente do melhor que Portugal tem para oferecer: as paisagens naturais, o bom clima e as tradições destas aldeias centenárias.
À conversa com Marta Carmo, gestora e responsável pelas reservas da CASA e neta do proprietário José Luís, permite-nos conhecer um pouco mais da CASA DOS AVÓS:
ROTEIROEVENTOS R.E. –  Há quanto tempo existe a vossa Casa de turismo rural e como surgiu a ideia de apostar no turismo rural?
MARTA CARMO (M.C.) –  A Casa dos Avós foi construída há já 60 anos e sempre foi utilizada por mim e pela minha família, principalmente nas férias, por isso encontrava-se desocupada grande parte do tempo. Assim, há uns meses surgiu a ideia de aproveitar o desenvolvimento do turismo na Aigra Nova e rentabilizar esta nossa casa.
ACASA
 
 
R.E. – : Qual a capacidade de alojamento, serviços e actividades de que dispõe a quinta?
M.C. –  A Casa dos Avós tem três quartos duplos, alojando um total de seis pessoas. Para além dos quartos, temos também uma sala de estar e jantar com sofá cama, cozinha equipada e casa de banho. No exterior, dispomos de um parqueamento para três veículos, um grande pátio com mesa de refeições e churrasco e um terraço com vista de 360º para a Serra da Lousã. 
CASAAVO
 
R.E. –  Como está o sector, e o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse mais como uma alternativa às ofertas de turismo?JARDIMCASAAVO
M.C. –  Graças ao empreendedorismo da Lusitânea, que há já vários anos dinamiza e cria actividades na Aigra Nova, temos visto o turismo rural a crescer substancialmente, tendo sido este, também, o nosso impulso. O que poderia ajudar ainda mais este crescimento, seria, talvez, uma maior visibilidade nos meios de comunicação para que as Aldeias de Xisto cheguem a toda a gente e todos se rendam à sua beleza.
INTERIORCASA
 
R.E. –  A Câmara, o turismo da região e Municípios vizinhos têm contribuído para trazer o turismo à região?
QUARTO
M.C.  –  Sim, sem dúvida. Tanto a Câmara de Góis como a Câmara da Lousã, têm promovido vários eventos, nomeadamente, desportivos (motas e bicicletas todo o terreno), como por exemplo, a concentração de motards realizado a meio de Agosto em Góis. Eventos como este chamam milhares de pessoas à zona, cerca de 20.000 pessoas em Agosto do ano passado. Se tivesse 100 casas, teria alugado todas nessa semana, tal a quantidade dos pedidos. 

VISITE ARGANIL, A SERRA DO AÇOR, DELICIE-SE COM AS ALDEIAS DO XISTO E DEIXE-SE FICAR UNS DIAS NA CASA DE CAMPO CAMPUS NATURA

ARGANIL

“ Vá para fora cá dentro”

Venha visitar o Concelho de Arganil e verá que fica surpreendido, com as maravilhas naturais existentes, assim como as iguarias da gastronomia da Beira Interior e seu património histórico.

Se nos visitar no Verão, poderá usufruir das maravilhosas praias fluviais existentes, praticar desportos de ar livre num ambiente muito verde e relaxante.

ARGANIL

Se nos visitar nos meses de Inverno e procura locais para “fugir ao stress” das grandes cidades encontrará sem duvida, a paz e o sossego, podendo ainda visitar muitas aldeias e vilas que lhe permitirão um certo recuar no tempo e vivenciar experiências integrantes da nossa cultura da Beira Serra.

CAMPUS

Fica o convite para visitar a Campus Natura e lá pernoitar, onde o acolheremos de forma a que se sinta como se estivesse no aconchego da sua casa, apesar de se tratar de uma casa centenária de xisto mas, com todo o conforto que lhe permitirá um descanso e uma vista favorecida para a linda Serra do Açor, EIS O NOSSO E O CONVITE DE DORA SILVA, PROPRIETÁRIA DA CAMPUS NATURA, QUE O RECEBERÁ COMO FAMÍLIA

CAMPUSN

PORTUGAL COMO NUNCA O VIU… SINTA O CONFORTO DA NATUREZA.
A CAMPUS NATURA proporciona momentos inesqueciveis

image001

ROTEIROSEVENTOS R.E. – Há quanto tempo existe a Campus Natura enquanto casa de turismo rural e como surgiu a ideia de apostar no turismo rural?

CAMPUSN

DORA SILVA (D.S.) – – A Casa de Campo “Campus Natura”, foi inaugurada em Abril de 2015.

A ideia de apostar no turismo rural surgiu em primeiro lugar, pelo facto de nós sermos “fans” e utilizadores deste tipo de turismo.CAMPUSN

Em segundo lugar surgiu porque, adquirimos uma casa centenária, quase em ruinas, construída em xisto, situada na aldeia de Alqueve. Aldeia esta,  onde   tínhamos reconstruido um imóvel há cerca de dezasseis anos, a qual é uma espécie de “cantinho” para descanso e fuga da vida agitada da semana de   trabalho. Além desta situação, apesar de não possuirmos qualquer tipo de raízes familiares na zona de Arganil mas, gostamos muito da zona, pela sua beleza natural e também pelas “suas gentes”.

R.E. – Qual a capacidade de alojamento, serviços e actividades de que dispõem nos vossos turismos rurais?CAMPUSN

D.S.  – O nosso alojamento (Casa de Campo), possui cinco unidades de alojamento com capacidade para dez pessoas.

O nosso serviço de alojamento com pequeno almoço incluído na tarifa, tem o intuito principal de proporcionarmos aos nossos hóspedes um ambiente calmo e sossegado.

Apesar de estarmos numa antiga aldeia da Beira Serra, numa casa construída de xisto, tradicional da zona, esta fornece o conforto e bem estar proporcionado pela decoração e tecnologia actual.

CAMPUSN

Em caso da reserva por parte de um grupo de amigos ou familiares, é possível proporcionar aos nossos hóspedes a experiência de reviver o hábito das aldeias, da confecção de pão e outras iguarias típicas, efectuadas no forno de lenha.CAMPUSN

R.E. – Como está o sector, e o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse mais como uma alternativa às ofertas de turismo?

D.S.   – Em meu entender, o sector do turismo está em expansão, embora possa existir ainda muito para fazer, por parte de todos quantos estamos a trabalhar nesta área e não só.

Julgo que o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse como uma alternativa, seria as próprias Autarquias das zonas menos desenvolvidas, melhorarem alguns dos acessos, sinalização, elaboração de alguns trilhos para caminhadas, nas zonas onde ainda não existem, etc. Isto porque, o turismo de hoje procura não apenas a qualidade do alojamento, mas também toda a sua envolvência, a qual depende muitas das vezes das entidades oficiais.CAMPUSN

R.E. – A Câmara e o turismo de Arganil e Municípios vizinhos têm contribuído para trazer o turismo à região?

D.S. – Julgo que o Município de Arganil, não tem estado muito sensibilizado para este sector de actividade, excepto em relação ao Piódão, pois aqui sim, muito se tem trabalhado esta zona. Claro que, o Piódão atrai muitos turistas mas, Arganil não se deve cingir apenas a este.  Prova disso, temos outros Municípios vizinhos, que têm tido muita preocupação com o turismo e a sua atracção para a zona.

NA ALDEIA DE CHÃS D’ÉGUA, FREGUESIA DE PIÓDÃO, ENCONTRA UMA MONTANHA DE EMOÇÕES NO INXISTO LODEGES – TURISMO RURAL, DEFRUTE DE UNS DIAS DE REPOUSO NO MEIO DA NATUREZA E MONTANHAS.

  • Situada a 30km da Torre (Serra da Estrela), a 5km da aldeia histórica de Piódão e a 3 km da praia fluvial, o Inxisto Lodges proprciona-lhe momentos de prazer durante todo o ano.

Venha daí connosco conhecer a casa e a região!

  • inxistologo

inXisto Lodges C.M.1354 Chãs d’Égua 6285-012 Piodão Tel: 967081988 (entre as 13h e as 21h preferencialmente) inxisto@gmail.com

inXisto Lodges – Turismo Rural

“Inseridas nos socalcos de xisto da própria montanha, a sua construção conjuga técnicas tradicionais com uma arquitectura original e contemporânea, proporcionando-lhe por um lado uma grande proximidade com a natureza e, por outro lado, conforto em qualquer época do ano.”
paisagem, paisagens, rural, arganil, monte, montes  06 Luis C. Carvalho
paisagem, paisagens, rural, arganil, monte, montes 06 Luis C. Carvalho

Situada na cordilheira central junto à Serra da Estrela, a Serra do Açor estende-se por uma vasta área protegida.

A sua fauna e flora é de grande diversidade onde se destacam além do próprio açor, a raposa, a lebre e o javali, o medronheiro, o castanheiro e o carvalho.

A região de Açor, é uma das mais ricas regiões a nível de cultura e gastronomia do país. aqui de produzem os melhores queijos do mundo, dos melhores enchidos do país.

A região tem ainda uma vasta gastronomia, desde os pratos de  caça, à chanfana, à lampreia, não passará certamente fome nesta região, e com estes pratos típicos, no seio desta paisagem, o apetite não faltará!

Serra do açor, piodao, pes escaldados
Serra do açor, piodao, pes escaldados

Por entre escarpas e vales vão surgindo pequenos povoados que se fundem com a própria paisagem.

Um dos mais interessantes é sem duvida a Aldeia Histórica do Piódão. Um refugio isolado do resto do mundo!

A disposição da aldeia é em forma de anfiteatro onde as casas de xisto descem socalco a socalco até à praça principal na qual se encontram o museu, esplanadas e restaurantes.PIOD2

Integrada na mesma freguesia e com origens ainda mais remotas encontra-se a Aldeia de Chãs D’Égua. Aqui foram recentemente descobertas cerca de uma centena de pinturas rupestres do Neolítico e Idade do Bronze. A antiga escola primária foi então convertida no primeiro Centro de Interpretação de Arte Rupestre do pais..

Situada a grande altitude proporciona-nos uma vista deslumbrante sobre a serra do Açor.

foz d'egua, paisagem, montes, piodão Luis Costa Carvalho

Ainda na freguesia do Piódão poderemos encontrar outros pontos de interesse como a peculiar praia fluvial de Foz D’Égua e a antiga quinta dos Pés Escaldados parcialmente em ruínas.

paisagem, paisagens, rural, arganil, monte, montes   06 Luis C. Carvalho

Percorrendo a serra deparamo-nos com os característicos socalcos e palheiros de xisto que moldam a paisagem revelando a arte e engenho das gentes de outrora.
Serpenteando pelas montanhas, os ribeiros atravessam cascatas e represas formando praias fluviais de uma beleza singular.
Rodeadas pelas Serras do Açor e Estrela, as casas situam-se na pequena aldeia de Chãs d’Égua, na freguesia do Piódão.
Inseridas nos socalcos de xisto da própria montanha, a sua construção conjuga técnicas tradicionais com uma arquitectura original e contemporânea, proporcionando-lhe por um lado uma grande proximidade com a natureza e, por outro lado, conforto em qualquer época do ano.
praia fluvial de pomares, serra do açor, arganil
praia fluvial de pomares, serra do Açor, Arganil
inXisto lodges é a designação do nosso turismo rural. Inauguramos à cerca de um ano, mais precisamente na passagem do ano de 1014-2015.
inXisto exterior
inXisto exterior

«A ideia surgiu num pequeno passeio entre a Serra da Estrela e o Piódão (Serra do Açor). É um percurso muito interessante com paisagens incríveis e aldeias em xisto paradas no tempo.
Resolvemos então apostar num turismo rural nessa zona, com um conceito mais actual mas respeitando os materiais e os métodos tradicionais da construção em xisto de forma que os edifícios se integrassem completamente na paisagem envolvente», conta-nos Ângela Santos, proprietária deste empreendimento fabuloso.

inXisto exterior
inXisto exterior
inXisto lodges é constituído por dois edifícios independentes. Cada lodge é contituido por um quarto, sala, kitchenet e Wc e comporta um total de 4 pessoas (8 pessoas nos dois lodges).
inXisto exterior
inXisto exterior

Sendo que os lodges estão inseridos na montanha e não numa quinta, não temos as actividades que normalmente estão associadas a uma estadia numa quinta. Os nossos hóspedes fazem habitualmente os passeios pedestres da região, visitam as aldeias históricas e aldeias de xisto e no inverno aproveitam a neve visto que estamos a dois passos da estância de esqui. No verão existem varias praias fluviais em redor que são uma óptima opção para que vem relaxar.

inXisto exterior
inXisto exterior

Pensamos que o Turismo rural é um sector em fase de mudança e crescimento. As pessoas mais jovens começam a interessar-se mais por este tipo de turismo.

inXisto exterior
inXisto exterior

Depende muito dos promotores captar as atenções para este tipo de alojamento, pois o turismo rural não deve ser apenas um alojamento mas sim uma forma de interacção com a zona onde ele se insere.

Quarto Estrela
Quarto Estrela

Em relação ao contributo para impulsionar o Turismo rural, a autarquia e o turismo de Arganil têm feito alguma coisa, embora há ainda muito por fazer visto que esta região, embora lindíssima é ainda muito desconhecida de muitos portugueses.

MIRANDA DO CORVO, A 18 KMS DA LOUSÃ E A 20 DE COIMBRA, TORNA-SE PELA SUA LOCALIZAÇÃO, UM LOCAL IDEAL PARA FICAR DURANTE UNS DIAS, NUMA ESTADIA E PASSEIOS PELA ZONA.

XISTO.jpg

APROVEITE, CONHEÇA A CIDADE UNIVERSITÁRIA A A TRADIÇÃO COIMBRÃ E DESFRUTE DA NATUREZA EM REDOR DE COIMBRA. CONHEÇA AS ALDEIAS DO XISTO E LEVE CONSIGO OS ARES PUROS DA REGIÃO. INSTALE-SE NAS SETE QUINTAS, DESFRUTE DA NATUREZA, DO CONFORTO E DA GASTRONOMIA QUE AS SETE QUINTAS TEM PARA SI

7QUINVISTA
CONTACTOS: 3220 RETORTA, MIRANDA DO CORVO Lat.: 40° 3′ 30.96″ N Long.: 8° 21′ 47.376″ W Telefone: (+351) 911 514 587 (+351) 239 538 562 E-mail: info@museudoazeite.pt setequintas@hotmail.com

VENHA SENTIR-SE NAS SUAS SETE QUINTAS!

A Quinta situa-se nas margens do rio Dueça, composta por um edifício principal, um antigo lagar de azeite, e duas casinhas independentes, que outrora foram antigos moinhos de farinha.

O alojamento dá acesso ao antigo lagar de azeite, desactivado há mais de 60 anos, agora recuperado onde poderá ver a forma como se produzia o azeite em tempos idos, as galgas movidas pela força da água que moía a azeitona e os capachos onde se colocava a massa da azeitona para a sua prensagem.

AZEIT.JPG

O Sete Quintas inclui 4 quartos e uma suite familiar e cada um apresenta uma decoração rústica e uma casa de banho privativa.

Um pequeno-almoço continental está incluído na tarifa e é servido todas as manhãs. Os hóspedes podem utilizar as comodidades para churrascos disponíveis ao ar livre e desfrutar das suas refeições ao ar livre. O empreendimento das SETE QUINTAS  tem ainda para os seus hóspedes o serviço de restauração, onde pode apreciar a rica gastronomia local.

SETEQUINTASESPACO.JPG

«Temos algumas grandes mais valias para sermos uma boa opção:
     O local onde nos encontramos, antigos moinhos de farinha, e 1 lagar de azeite, que preservamos ao máximo.
     O rio Dueça, com as casas mesmo junto ao rio, todo o antigo funcionamento era feito através da força da agua.
     A quinta biológica que é a base das nossas refeições que confeccionamos a lenha, não usamos gás.
     Todo o aquecimento quer central quer de aguas é feito com painéis solares e a lenha.
     Sempre a nossa bebida de boas vindas, aquele nosso porto caseiro.
     E sem duvida o bem como recebemos, somos nós», conta-nos Carlos Pinto, proprietário das SETE QUINTAS.

MUSEUAZ

Os hóspedes podem igualmente desfrutar de uma variedade de actividades no local ou nas imediações, tais como caminhadas e canoagem. A propriedade oferece estacionamento gratuito.

O Sete Quintas dispõe de uma piscina exterior rodeada por um relvado, onde os hóspedes podem apanhar sol e relaxar. Lousã fica a 18 km e a cidade de Coimbra situa-se a 20 km.

SETEQUINTASPISC.JPG

ROTEIROSEVENTOS R.E. – Há quanto tempo existe o empreendimento das Sete quintas / Museu do Azeite  como turismo rural e como surgiu a ideia de apostar no turismo rural?

CARLOS PINTO (C.P. )-  O turismo rural Sete Quintas iniciou a sua actividade em Fevereiro de 2015, o nome “Sete Quintas” surgiu do lugar era assim
a família e amigos se sentiam quando aqui estávamos, ainda que os antigos moinhos de farinha e o lagar de azeite estivesse em completa ruína, mas o local com o rio, as árvores, o ouvir dos pássaros, faziam sentir-nos nas sete quintas, hoje são os nossos
hospedes a dizer-nos realmente aqui sentimo-nos nas nossas sete quintas.

SETEQUINT.JPG

R.E. – Qual a capacidade de alojamento, serviços e actividades de que dispõe a quinta?

C.P. –  O empreendimento das Sete Quintas tem 5 quartos, 2 dos quais em casinhas independentes, com a capacidade total de 12 pessoas.
Temos a quinta Biológica, e  com os produtos da Quinta servimos refeições, somente aos nossos hospedes, com gastronomia regional, como  a chanfana, torresmos, bacalhau que cozinhamos a lenha.
O Museu de Azeite, no antigo lagar, faz parte do edifício principal onde estão 3 dos quartos.
Passeios pedestres e de BTT na região, visita as aldeias de xisto, praias fluviais, museus, parque biológico são algumas das atracções na zona.

LOGO
TELEM. 911 514 587

R.E. –  Como está o sector, e o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse mais como uma alternativa às ofertas de turismo?

C.P. – Penso que uma boa informação da qualidade que muitos turismos rurais têm, será uma grande atracção pelo conceito que é o turismo rural.

 MOINHO SUITE.JPG

R.E. – A Câmara e o turismo da região, bem como  Municípios vizinhos têm contribuído para trazer o turismo à região?

DSC_0894
A NATUREZA EM REDOR

 
C.P. – -O poder local vai fazendo alguma coisa para cativar o turista, mas no meu ver muito mais deveria e poderá ser feito, por vezes não são só os orçamentos que dão funcionalidade a região. 
 

VISITE PAMPILHOSA DA SERRA  E REFUGIE-SE NO REPOUSO E TRANQUILIDADE QUE  FAJÃO  LHE PROPORCIONA. APRECIE A BELEZA COM QUE A NATUREZA PINTOU E BRINDOU A REGIÃO. APRECIE AS ALDEIAS DO XISTO E DEIXE-SE FICAR UNS DIAS NA CASA MOITA

FAJÃO

Fajão uma das dez freguesias do concelho de Pampilhosa da Serra “está situada numa espécie de concha rodeada de montanhas, tendo à esquerda os rochedos de Penalva e o cabeço da Mata, para a direita a Serra da Rocha, à rectaguarda a Serra da Amarela e em frente o Picoto de Cebola.

FAJÃO

    A sua situação à beira de uma estrada carreteira que liga a Beira Baixa com as outras Beiras, tornaram-na um centro de passagem obrigatória para os almocreves e outros visitantes que por ali tinham que passar”.

     Aldeia de grandes tradições, tem na sua essência o xisto com que são construídas a maior parte das suas habitações. Aldeia da rede “aldeias de xisto”, encontra-se em franca recuperação arquitectónica de forma a promover o turismo regional.

cx_fajao

Fajão  é uma pequena aldeia da serra encostada aos célebres Penedos de Fajão com quase 900 metros de altitude, entre pinheiros, mata de estevas e carquejas.  A sua história e a das suas gentes são iguais à  de tantas outras aldeias; Sobral  Valado, Cabril, Vidual, Gralhas, Relvas, Ponte, Boiças,  Ceiroquinho…
A  terra não vem no mapa, não tem grandes riquezas a não ser os seus homens e  mulheres, gente acolhedora, de mãos calejadas pela vida e rosto marcado pelo sol e pelo frio.

A Casa da Moita situa-se em Fajão, uma antiga aldeia do concelho de Pampilhosa da Serra, encaixada numa pitoresca concha da Serra do Açor, alcandorada sobre o rio Ceira, perto da sua nascente, entre altos e gigantescos penedos de quartzito, cuja  configuração faz lembrar antigos castelos naturais.

MOITA
A Casa da Moita Contactos: Manuel Branco, Tel. : +33-476-546169 Alzira Branco Bogas, Tel.: +351-933422047 || +351-239438074 Marília Branco Domingos: Tel. : +351-966240146 Carla Branco, Tel. : +49 228 4331374 || +49 178 8585345 E-mail : casadamoita@gmail.com
Saiam, do barulho, do betão e do isolamento das cidades. Visitem o interior de Portugal as suas maneiras de viver, as suas construções, as suas gentes, a sua gastronomia. Deixem o telemóvel e o computador de lado durante uns dias aproveitem a vida que ela é curta. E se gostarem voltem e “tragam outro amigo também..”
MOITA
ROTEIROSEVENTOS R.E. –  Há quanto tempo existe a Casa da Moita como turismo rural e como surgiu a ideia de apostar no turismo rural?
MOITA
MANUEL BRANCO (M.B.) –  A Casa da Moita fez parte dum projecto dos irmãos Branco em guardar  nas nossas mãos o património herdado dos nossos avós. Em  2003 aproveitamos o lançamento das Aldeias de Xisto para recuperar um antigo galinheiro da nossa avo e transforma-lo no que é hoje “A Casa da Moita”. Aderimos ao Turismo Local e começamos a alugar a Casa em 2008.
R.E. –  Qual a capacidade de alojamento, serviços e actividades de que dispõe a quinta?
MOITA
M.B. – Trata-se de uma casa com um pequeno terreno. Temos alojamento para 4 pessoas mas por vezes há uma criança a mais…sem problema.A casa foi renovada no respeito com o ambiente, materiais utilizados (janelas sem alumínios nem PVC) madeiras,isolamentos chão em tijoleira e pedras de xisto inclusivamente na cobertura do telhado) Também apostamos no calor e frescura acumuladas pela rocha e deixamos a casa renovar-se à volta da rocha natural. 
A Casa esta equipada com tudo o que é necessário para dormidas,Casa de Banho e Cozinha. Fica a dois passos da piscina da aldeia que é gratuita (podem ler e recuperar extractos se quiserem do texto que eu fiz e que vem no site sobre Fajão e os seus hábitos colectivos). Fica perto do rio Ceira na Ponte de Fajão a 10 minutos de carro. Há passeios para caminheiros indicados no no site e no largo da Igreja.
rio

R.E. –  Como está o sector, e o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse mais como uma alternativa às ofertas de turismo?

M.B. – Penso que um projecto destes é mais uma maneira de estar na vida do que fazer fortuna. Assim vamos indo…

R.E.  A Câmara e o turismo de Pampilhosa da Serra e Municípios vizinhos têm contribuído para trazer o turismo à região?
M.B. – Dentro das suas possibilidades penso que sim.

NA COVA DA EIRA, CONCELHO DE FIGUEIRÓ DOS VINHOS, CONHEÇA A CASA DO RIO E APRECIE AS MARAVILHOSAS PAISAGENS NA ALBUFEIRA DE CASTELO DE BODE!

figueiró
A CASA DO RIO Morada: Cova da Eira 3260-089 Figueiró dos Vinhos Telefone: 962 300 323 E-mail: vitoriamoraislopes@gmail.com Sítio Web: https://www.facebook.com/casasdorio
«Convido quem queira passar uns dias de grande descontracção na nossa casa do rio, apreciando a deslumbrante paisagem natural; rio, serra, hortas, e toda a rusticidade que ainda aqui existe.Um lindo céu estrelado à noite ou uma brisa matinal a sair do rio. 
Para comer temos o belo “achigã”  ou outros peixes do rio feito no Restaurante “O Barqueiro” mesmo aqui ao lado», eis o convite de Vitória Lopes para visitar a região e ficar uns dias na sua casa, onde será recebido de braços abertos, com o saber receber típico do mundo rural. 
FIGUEIRO

A Casa do Rio está localizada na Cova da Eira, Foz de Alge, concelho de Figueiró dos Vinhos, zona privilegiada para a prática de desportos náuticos e pesca. Situa-se na confluência da Ribeira de Alge com o Rio Zêzere, em plena bacia da Albufeira de Castelo do Bode.

figueiró

Ali bem próximo, a cerca de 2 Km, encontra-se o Parque de Campismo e Caravanismo de Foz de Alge, equipado com piscina, parque infantil, parque de jogos, canoas e Kayakes.

É também possível desfrutar das Praias Fluviais da Rede das Aldeias do Xisto que se localizam na proximidade, usufruindo de todos os prazeres da serra e do rio.

A paisagem é tranquila e bucólica, ideal para fugir à azáfama da cidade, no local onde uma das mais belas ribeiras da zona centro, a ribeira de Alge, desagua no rio Zêzere.

FIGUEIRO

A Casa do Rio tem 2 quartos mobilados, cozinha equipada, sala de estar mobilada com zona de refeições, uma casa de banho espaçosa e uma despensa, com capacidade até 8 pessoas.

figueiró

Dispõe ainda de um alpendre com vista para a serra e para o rio.

figueiró

Vitória Lopes confessa-nos que existe um esforço notável por parte da autarquia no sentido de promover o turismo à região, nomeadamente com promoções de festivais e eventos.

O que visitar em Figueiró dos Vinhos:

Com oito séculos de história, o município apresenta um património interessante, onde se destaca o Convento de Nossa Senhora do Carmo, a torre Comarçã e a igreja matriz.

comarcã.jpg

Esta tem um pórtico renascentista e um retábulo de José Malhoa, que viveu longos anos nesta terra, a que chamou de “Sintra do Norte”. A vida do artista pode ser descoberta na sua antiga residência, um challet romântico de finais do século XIX aberto ao público. Não muito longe fica o Centro Permanente de Artesanato, espaço criado pela autarquia para expor e vender os trabalhos dos artesãos locais.DSC_0003

Nos arredores da povoação devem visitar-se também, na Foz do Alge, as antigas ferrarias que fabricaram peças de artilharia até ao século XVIII, bem como os muitos miradouros espalhados pelo município onde se admiraram bucólicas paisagens.

O QUE DEVE PROVAR:

Figueiró dos Vinhos orgulha-se de ter grande tradição na doçaria conventual. Os doces ricos em ovos e amêndoa, como as castanhas doces, pingos de tocha e queijinhos do céu, nunca esquecidos, biscoitos de manteiga, broinhas de casamento complementam a fama do Pão-de-Ló de características muito próprias, doçaria que conserva ainda hoje as receitas originais deixadas pelas freiras que permaneceram neste concelho até ao séc. XIX.. Pela sua fama e abundância, nos finais de Outubro, o município promove a Feira dos Doces Conventuais

DOCES.jpg

As águas límpidas da Ribeira de Alge e do Rio Zêzere, que correm em todo o concelho proporcionam a existência de algumas espécies de peixe como o Achigã, Boga, Carpa, Barbo e as Trutas, que permitem variadas confecções gastronómicas, para além de cada restaurante apresentar nas suas ementas pratos tradicionais de borrego e cabrito.

AS FESTIVIDADES DO SÃO JOÃO ENCHEM A REGIÃO POR ESTA ALTURA

A programação abrange diversos domínios que contemplam a vertente cultural, a promoção gastronómica, a animação musical, a solenidade estreitamente ligada à componente Institucional do Dia do Concelho e o convívio popular que trará às ruas de Figueiró dos Vinhos todos quantos sentem orgulho na sua Terra e que nesta ocasião aproveitam para se divertir em família e com os amigos.

 

 

CONHEÇA A QUINTINHA DO CASAL RUIVO, EM FIGUEIRÓ DOS VINHOS, ONDE A NATUREZA COMBINA COM A GASTRONOMIA, TORNANDO A REGIÃO NO LOCAL PERFEITO PARA UMA ESTADIA LONGE DA CONFUSÃO E PERTO DE TODAS AS REFERÊNCIAS DE LOCAIS A VISITAR NA ZONA

helena8
Quintinha do Casal Ruivo +351 919758118 Casal do Ruivo – Aguda Figueiró dos Vinhos, Região do Centro, 3260-032, Portugal mariahelenaribeiro64@gmail.com

A Quintinha do Casal Ruivo situa-se em Figueiró dos Vinhos.

Este alojamento de turismo rural dispõe de ar condicionado em todos os quarto.
Com a cidade de Coimbra  a 33 km  e Fátima a 42  da Quintinha do Casal Ruivo,  torna-se o local ideal para uma semana se estadia de forma a poder conhecer e gozar o que naquelas paragens a natureza e os homens preparam para apreciarmos.

helena

«Penso ser o local ideal, para quem deseja descansar, sair da agitação e respirar o ar puro do campo.
O nosso alojamento está situado na Zona do Pinhal Interior Norte, na fronteira do Concelho de Figueiró dos Vinhos, com os Concelhos de Penela, Ansião, Alvaiazere e Miranda do Corvo. A 2 km da saída da A13 e do nó da IC8 com o IC3. Com uma variedade muito grande de opções, desde a Natureza, à Gastronomia e à Cultura. As rotas de Sicó, do Zezere e Ribeira de Alge, as Ruinas Romanas são exemplo disso.

ROTAZEZERE

Estamos a 30 minutos, de carro, da cidade de Coimbra e do Santuário de Fátima.
As opções são imensas. Muito se pode fazer, dependendo do interesse do visitante», ESTE É O NOSSO CONVITE, TONANDO ESTE CONVITE DE MARIA HELENA EM NOSSAS, DEIXANDO AQUI O DESAFIO PARA O LEITORES E SEGUIDORES DO ROTEIROSEVENTOS CONHEÇAM A REGIÃO E ALIEM O MAR ALI TÃO PERTO, AO MAIOR CENTRO DE CULTO RELIGIOSO NACIONAL, ÁS BELAS PAISAGENS DA REGIÃO E Á RICA GASTRONOMIA… PASSEIE,DIVIRTA-SE E USUFRUA DESTE CANTINHO PARA UMA TARDE E NOITE DE SOSSEGO APÓS AS AVENTURAS DE UMA JORNADA!

helena1

Com  capacidade para 18 pessoas,  a QUINTINHA do CASAL RUIVO, a funcionar desde  2014, uma vez que havia falta de alojamento num raio de 15 a 20 kms da região, Maria Helena Ribeiro decidiu apostar neste sector. Estabeleceu parcerias com a PRAIA DAS ROCAS e com uma Empresa de animação turística da Rota de SICÓ e organiza passeios para grupos na região.SICÓ

Assim nasceu e foi crescendo este empreendimento admirável que aconselhamos a qualquer visitante. VENHA DAÍ CONNOSCO CONHECER A QUINTINHA E A SUA ANFITRIÃ, QUE NOS FALA TAMBÉM UM POUCO SOBRE A REGIÃO E A SUA VISÃO DO TURISMO EM ESPAÇO RURAL:

helena9

PELA SUA LOCALIZAÇÃO A QUALQUER VISITANTE DA QUINTINHA DO CASAL RUIVO, NÃO LHE FALTARÁ MOTIVO PARA FICAR UMA SEMANA: VISITAR COIMBRA, FÁTIMA, LOUSÃ, TERRAS DE SICÓ, O OESTE COM AS SUAS PRAIAS, A SERRA DE MONTEJUNTO, ALVAIÁZERE E O ZÊZERE, ETC ETC. ALÉM DAS REGIÕES E PAISAGENS MAGNÍFICAS, A NÍVEL DE GASTRONOMIA, PODE ESCOLHER DESDE A REGIÃO DA CHANFANA, OS QUEIJOS, OS ENCHIDOS, O MEL, TUDO DE FABRICO CASEIRO E COM AS NORMAS DE ORIGEM CONTROLADA, QUE OS DIVERSOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO PROMOVEM EM VARIADOS EVENTOS DE PRODUTOS REGIONAIS.

SICÓ

SALIENTAMOS O FESTIVAL DO CHÍCHARO, EM ALVAIAZERE, O FESTIVAL DO QUEIJO RABAÇAL, EM ANSIÃO, A FEIRA DO MEL E DOS PRODUTOS REGIONAIS NA LOUSÃ, O FESTIVAL DO VINHO EM FIGUEIRÓ DOS VINHOS, ETC ETC . VENHA TER CONNOSCO!

ROTEIROSEVENTOS  R.E. – Como está o sector, e o que poderia melhorar para que o turismo rural se afirmasse mais como uma alternativa às ofertas de turismo?hortaultima

helena7

Maria Helena Ribeiro (M.H.R.) –  O sector encontra-se em baixo, principalmente na época de Inverno. Penso que seria importante a união dos alojamentos com artesãos, empresas de animação e, principalmente a orientação do turismo local.

helena3

R.E. – A Câmara e o turismo da região têm contribuído para trazer o turismo à região?

helena4

M.H.R. –  Penso que o Município, poderia dar uma ajuda maior na orientação, divulgação e organização do sector.

A nossa região é muito rica, com coisas únicas, mas está mal trabalhada.

 

Anúncios

One thought on “CONHEÇA A REGIÃO DO VALE DO CÔA, BEIRA INTERIOR, BEIRA BAIXA E ALDEIAS DO XISTO!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s